Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (14, 13, 11 e 4 anos).

10.05.18

1 ano de Magia


Bruxa Mimi

Hoje a Magia faz um ano. 

 

Há um ano penei. 

 

Todos os meus partos foram induzidos.

 

Duas bebés tinham o cordão umbilical à volta do pescoço: a Vassoura (a minha estreia como parturiente) e, precisamente, a Magia.

 

Estes dois partos foram os mais difíceis, mas, dos dois, o da Magia foi o pior e o mais demorado. Atenção, não foi o pior por ser mais demorado, foi o pior porque foi o único em que durante horas as dores aumentavam e o colo do útero pura e simplesmente não dilatava.

 

Mas já me estou a sentir mal por estar a escrever sobre a parte do sofrimento, quando o que quero, com este post, é agradecer por ter uma bebé como a Magia na minha vida.

 

É uma bebé amorosa, querida, deliciosa, mesmo! Também já demonstrou que é teimosa (ou, se quisermos ver o outro lado da moeda, persistente, sabe o que quer e faz por isso).

 

Tem umas gargalhadas irresistíveis. Adoro ouvi-la e adoro provocar essas gargalhadas, com cócegas ou com palhaçadas (sim, não me incomoda fazer de palhaço de trazer por casa). 

 

Adora os irmãos. Os olhos iluminam-se quando os vê e fica em alerta quando, depois do toque da campainha, sabe que eles estão a chegar a casa.

 

Bate «palminhas» quase sempre que lhe pedimos, às vezes «dá cá mais cinco», diz mais ou menos bem «mamã», «olá», «papa/papá» e repete outras coisas à sua maneira («anana» é «banana», «pôpa» é «sopa»), acena para dizer adeus e para cumprimentar, adora atirar coisas para o chão, ... 

 

Amo-a tanto, tanto!*

 

Muitos parabéns, Magia!

 

*Vassoura, Varinha e Feitiço, também vos amo com a mesma intensidade. Podem ter a certeza e nunca se esqueçam disso!

 

[Post editado para acrescentar o parágrafo das «gracinhas» da Magia, à data.]

14 comentários

Escrever palavras mágicas