Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (13, 11, 10 e 2 anos).

Uma anedota enfeitiçada

24.04.13 | Bruxa Mimi
O Feitiço pediu para eu lhe contar a anedota "da senhora e do palhaço". Eu respondi que ele era muito novo para entender anedotas sobre políticos. Nãããão, não respondi isto (mas podia ter respondido)! O que eu respondi foi que não sabia a anedota que ele queria ouvir e pedi-lhe para ma contar. Eis a "anedota", recontada da maneira mais fiel possível:

"Um dia uma senhora entrou na loja e estava.... e encontrou um palhaço. O palhaço estava a puxar os pés." [Fim]

Eu fiquei como vocês ficaram. Depois lembrei-me que o Feitiço tem três anos e achei que ele se tinha desenvencilhado muito bem a contar a anedota. Além do mais, quem é que nunca contou uma anedota sem piada nenhuma?


Amizade 1 - 0 "Castle"

23.04.13 | Bruxa Mimi
Se podia escrever este post em duas (vá lá, quatro) linhas? Podia, mas não era a mesma coisa...

Desde pequena que o pequeno écran (que nos últimos anos começou a diminuir em espessura e a aumentar em área - eu acho que os termos corretos não são estes, mas não me importo) exerce sobre mim um estúpido fascínio.

Em adolescente e young adult, era capaz de chegar a casa e não ligar a televisão (por ter coisas mais importantes para fazer). Mas fazia a asneira de me pôr a trabalhar na sala. Ora, como a família era grande, rapidamente chegava outra pessoa, que pegava no comando e ligava a televisão para ver o que estava a dar (em tempos de 4 canais no máximo), nada lhe interessava e saía da sala, esquecendo-se de desligar a televisão... Pronto! Ficava tudo estragado e lá se iam os meus bons propósitos. Uma vez ligada a televisão, eu pura e simplesmente não conseguia desligá-la, nem desligar-me dela, por isso ficava a ver o que quer que estivesse a dar naquela altura, e a seguir...

Quando fui morar sozinha, não tinha televisão. Tinha televisor, mas havia um problema na antena do prédio e eu não "apanhava" nada. Não me importei e usava o televisor apenas para ver filmes em VHS e DVD. Foram mais de três anos de "desintoxicação televisiva" que me fizeram muito bem.

O Rogério não é nada viciado em televisão, o que é bom para mim, já que não me puxa para o vício. Por outro lado, agora tenho acesso a muitos canais em que abundam as séries (de investigação criminal, "medicina", comédia familiar) e, por ver acidentalmente um episódio, fica logo "um bichinho" a querer ver mais. Pior: se a televisão estiver ligada, sou capaz de ficar a ver um episódio que já tenha visto uma vez, ou duas, ou três. É triste, eu sei! Até parece que não tenho mais nada que fazer! [Tenho, a sério.]

Por isso, adotei um sistema de gravar as novas temporadas das séries que realmente me interessam e ver apenas essas gravações (com a vantagem de saltar os intervalos). Não é um sistema infalível, mas tem reduzido em muito o tempo que passo à frente da televisão (não contando o tempo em que vejo desenhos animados com os miúdos).

Retomemos então o post na sua origem. Ontem, estava a começar ver a gravação do último episódio do "Castle", aproveitando a sesta do Feitiço, quando chegou o meu Filhote Pato. Não foi uma visita surpresa, embora não soubesse exatamente a que horas chegaria, mas tive aquele segundo (idiota) de hesitação ("desligo a televisão ou convido-a a ver comigo a gravação?")...

Foi mesmo só um segundo. Conclusão: Amizade 1 - 0 "Castle".

P.S. - Vi o episódio esta manhã. Muuuuuito giro!

Indo eu, indo eu

22.04.13 | Bruxa Mimi
... a caminho da sala da Varinha, com o Feitiço, para ajudar os meninos a fazerem um ovo em JumpingClay (os que ainda não fizeram, pois já lá estive na 2ª feira da semana passada). Depois mostro como ficaram (se não me esquecer de os fotografar!).

Até logo e boa semana!
-------
(Horas mais tarde)

Ainda nem todas as crianças da sala da Varinha fizeram os ovos (por estarem a faltar), por isso ainda lá irei outra vez. Só depois dessa última ida é que mostrarei as fotografias do conjunto dos ovos.

Gato-Palhaço

21.04.13 | Bruxa Mimi
Graças ao filme "À procura de Nemo", toda a gente conhece o peixe-palhaço (eu, pelo menos, só o fiquei a conhecer depois de ver o filme).

Mas conhecer um Gato-Palhaço não é para todos, não senhor! E cá em casa há um... Eu explico:

Temos um nariz de palhaço, bem vermelho, desde sexta-feira passada. Gato já tínhamos, aka meu marido, aka papá para a Vassoura, a Varinha e o Feitiço. Juntando o nariz de palhaço ao gato, ficámos com um Gato-Palhaço!

A surpresa foi descobrir no meu querido Gato Rogério uma capacidade gigantesca para fazer rir as crianças e a mim. O nariz ajuda, mas vale pouco quando comparado com os olhos a dar voltas ou a piscar muito depressa, a língua de um lado para o outro, as mãos em movimento acelerado, em posições variadas, tudo acompanhado de uns sons engraçados feitos com a boca. Só visto!... e eu adorava mostrar-vos o pequeno vídeo que fiz, mas por causa das questões de privacidade, não posso.

É como eu escrevi há bocado: conhecer um Gato-Palhaço é só para alguns... sortudos!

A festa em 12 fotografias

19.04.13 | Bruxa Mimi
(A anfitriã a receber um convidado)
(O anfitrião serve bebidas)


(Duas convidadas na conversa)
(Uma convidada na casa-de-banho)


(A cozinha)
(O quarto dos pais)


(As crianças na cama. Ao centro está o mudador;
as fraldas estão à esquerda)
(Vista geral do piso inferior)


(Vista de frente dos dois pisos)
(Vista de cima para o móvel da sala e a gaiola do hamster)


(Vista do exterior)
(Vista de cima, geral)

Obrigada, Lego, por existires.

P.S. - As minhas crianças fazem construções giríssimas (que eu deveria registar), mas esta foi obra minha...

Chegou, li, adorei!

19.04.13 | Bruxa Mimi
Acabou de chegar pelo correio o prémio relativo ao concurso "Eu é que sou o Pai mais horrível do Mundo", promovido pelo "Pais de Quatro". Não demorei mais do que os segundos necessários para tirar o livro do envelope, para começar a lê-lo, em voz alta (pois tinha o Feitiço ao pé de mim).

Adorei! Simples e genial. É daqueles livros que, assim que lhe pusesse a vista em cima, compraria. Se não o tivesse recebido hoje. Merecidamente. Por ser "a mãe mais horrível do mundo".

A minha mãe (passado e presente)

18.04.13 | Bruxa Mimi
... é a BBC familiar. Quando queremos saber como está alguém da família, podemos telefonar-lhe, que ela diz-nos logo como estão todos. Também podemos falar diretamente com os familiares em questão, mas às vezes é difícil conseguir "apanhá-los" - ela consegue e passa a mensagem.

... preparava papas em pé, várias de seguida, mexendo muito depressa o garfo e rodando o prato com muita eficiência. Lembro-me sempre desta imagem quando preparo, em pé, papas Cerelac ou Nestum para a Varinha e para o Feitiço (ou, ocasionalmente, uma papa Pensal para a Vassoura). Não tenho a mesma eficiência.

... é linda.

... entalava-nos (pelo menos a mim e à minha irmã mais nova) os lençóis e os cobertores e, por cima deles, friccionava-nos o corpo, de modo a ficarmos mais quentinhas nas noites frias. Agora sou eu que faço isso.

... dava-nos sempre um beijo de boa-noite, ou só "as boas-noites" no quarto, mesmo que já estivéssemos a dormir. Pelo menos era o que respondia de manhã, quando às vezes dizíamos que não tinha lá ido. Nas poucas vezes em que EU não pude acompanhar a Vassoura até à cama e disse que ia ao quarto depois, mesmo que ela já dormisse, fui. De manhã tinha a consciência tranquila ao responder afirmativamente. [por favor, se no teu caso não era verdade, não me contes, mamã].

... fazia sempre um bolo ao domingo, e chá a acompanhar, e torradas, e tudo desaparecia num ápice. E não tenho ideia que fossem os meus avós, que lá iam a casa nesse dia, os responsáveis pela rapidez com que a mesa ficava vazia...

... passeia de mão-dada com o meu pai, desde sempre e ainda, após 50 anos de casamento, 7 filhos e 11 netos.

... é uma sogra-mãe, desde que os genros e as noras queiram ser (e sejam) genros-filhos e noras-filhas.

... dava material para um post gigantesco, ainda maior do que este já está, mas por hoje fico por aqui...