Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (12, 11, 9 e 2 anos).

Coisas que dá gosto* ouvir

29.04.14 | Bruxa Mimi
Feitiço [para mim]: Vou ficar contigo para sempre!

*Dá gosto ouvir, pelo mimo que é, mas, na verdade, desejo que os meus filhos não fiquem comigo para sempre! Eu explico: desejo que sejam muito meus amigos pela vida fora, que estejam presentes (fisicamente) em muitas situações e presentes (emocionalmente) nessas situações e nas restantes, mas... que tenham a sua vida independente e, já agora, estável e feliz!...

Quem deseja o mesmo que eu?

Obrigadinha, amor!

23.04.14 | Bruxa Mimi
Cheguei a casa à hora de jantar.
Rogério: Então, como é que correu a reunião*?
Eu: Correu bem.
Rogério: Enganaste-os bem, foi?

*Tive reunião com os pais dos alunos da minha turma.

P.S. - Depois da reunião, estive quase uma hora na conversa com algumas mães. Se calhar mereci o comentário do Rogério, por não ter vindo logo para casa...

Campeões

20.04.14 | Bruxa Mimi
Eu não sou fanática de futebol nem nada que se pareça, mas quando o Benfica ganha e tenho conhecimento disso (muitas vezes não tenho conhecimento precisamente porque não sou fanática), fico um bocadinho mais contente do que antes.

Por isso, agora estou um bocadinho mais contente do que há algumas horas. E como é Domingo de Páscoa e já estava muito contente, estou contente no grau superlativo absoluto sintético! :-)

Maiassauros e outras espécies

19.04.14 | Bruxa Mimi
Não sei se são especialistas sobre dinossauros, mas começo por informar que houve uma espécie de dinossauros a que deram o nome de Maiassauro, que significa "lagarto boa mãe", por terem encontrado elementos adultos junto a elementos jovens (dando a ideia de que o adulto cuidava da cria nos primeiros tempos). Podem obter mais informações (aliás, informações mais fidedignas) na wikipedia.



Feitiço, para mim: Tu és a Mãeassaura. E eu sou o Filhossauro!

Alfredos e Alfredas

16.04.14 | Bruxa Mimi
A Varinha resolveu provocar o Feitiço, chamando-lhe Alfredo.
Varinha: Alfredo!
Feitiço: Não! Eu sou o Feitiço [nome real, obviamente].
Varinha: Alfredo!
Feitiço: Não! Eu sou o Feitiço.
Como a Varinha continuava, o Feitiço queixou-se:
Feitiço: Mamã, a Varinha está a dizer que eu sou Alfredo [bem dito], mas não sou, sou Feitiço!
Eu: Não ligues. Mesmo que ela diga mil vezes, ou quinhentas mil vezes, que tu és Alfredo, tu continuas a ser Feitiço.
Varinha: Alfredo!
Feitiço: Para de dizer que eu sou Alpedro!
Varinha [para mim]: Alfreda!
Eu: Como é que adivinhaste que Alfreda é um dos meus nomes? Eu nunca disse a ninguém...
Varinha: [sorriso]
Eu: E tu também és Alfreda - Varinha Alfreda [+ Apelidos]. Cá em casa, só tu e eu é que somos Alfredas. O papá não é Alfredo, eu sou, a Vassoura não é, tu és e o Feitiço não é.
Varinha [abraçando-me]: Viva! Só nós as duas é que somos Alfredas!

Que alegria a da Varinha por ter uma coisa em comum comigo, em modo de exclusividade, mesmo sendo uma mentira parva! ;-)

Pág. 1/3