Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (13, 11, 10 e 2 anos).

Ainda cá ando

14.08.15 | Bruxa Mimi
Na sexta-feira passada encontrámo-nos em Sintra com a minha irmã Margarida, o marido e as filhas. Visitámos o Palácio Nacional. Caro, mas lindo!

-----------------------

Post (até "lindo!") escrito em dois dias, devido à sua extensão da minha preguiça... Não. Na verdade, vou nomear a verdadeira responsável pela minha quase total ausência da blogosfera: L. M. Montgomery*!

*A pobre não se pode defender, pois morreu em 1942. Eu explico: é a autora de "The Anne of Green Gables Novels". São 8 livros. Terminei hoje o sexto. Só não comecei  o sétimo porque amanhã vamos para Fátima e não o vou levar, para estar disponível para a família (com o livro por perto teria dificuldade).

"Ainda cá ando", mas depois deste post só volto daqui a uns dias! 

Palavras do Papa Francisco

12.08.15 | Bruxa Mimi
"Não existe família perfeita. Não temos pais perfeitos, não somos perfeitos, não nos casamos com uma pessoa perfeita nem temos filhos perfeitos. Temos queixas uns dos outros. Decepcionamos uns aos outros. Por isso, não há casamento saudável nem família saudável sem o exercício do perdão. O perdão é vital para nossa saúde emocional e sobrevivência espiritual. Sem perdão a família se torna uma arena de conflitos e um reduto de mágoas.

Sem perdão a família adoece. O perdão é a assepsia da alma, a faxina da mente e a alforria do coração. Quem não perdoa não tem paz na alma nem comunhão com Deus. A mágoa é um veneno que intoxica e mata. Guardar mágoa no coração é um gesto autodestrutivo. É autofagia. Quem não perdoa adoece física, emocional e espiritualmente.

É por isso que a família precisa ser lugar de vida e não de morte; território de cura e não de adoecimento; palco de perdão e não de culpa. O perdão traz alegria onde a mágoa produziu tristeza; cura, onde a mágoa causou doença."

Papa Francisco

A Matilde foi-se embora

07.08.15 | Bruxa Mimi
Quando a voltarmos a ver, já @ bebé estará cá fora!

Ontem fomos a casa dos avós bruxos para a despedida. O Mário chegou ontem de França com a sua comitiva, a Magda apanhou um intervalo entre sessões de trabalho, o Manuel também esteve presente (foi, aliás, o motorista de serviço), a Margarida está de férias em casa dos avós Bruxos, nós pusemo-nos lá em menos de meia hora, por isso, dos sete filhos, só não estava a Mafalda, que viajou para (para mim) parte incerta na comemoração dos 29 anos de casada (e fez ela muito bem).

Onde fomos?

04.08.15 | Bruxa Mimi
No domingo, fomos os cinco, a Margarida, marido e filhas a um sítio em Lisboa.

Será que esta fotografia dá suficientes pistas? A qualidade fotográfica é tão má que vou transcrever as palavras (tal como as consigo perceber, sem atualizar o português), na legenda.

Assim fomos abrindo aquelles mares,
Que geração algua não abrio,
As novas ilhas vendo e os novos ares,
Que o generoso Henrique descobrio...
Mas se a primeira fotografia não foi suficiente, aqui ficam umas mais específicas, tiradas pela Vassoura e pela Varinha:



Só pode responder quem não sabia à partida, OK?

Construções com Geomag

04.08.15 | Bruxa Mimi
O tio Gato ofereceu aos sobrinhos (que por coincidência são todos meus filhos) várias caixas de "GEOMAG", tipo esta

Resultado de imagem para geomag
Imagem retirada da Internet (não me apetece
fotografar as que há cá em casa).

Ultimamente a Vassoura e o Feitiço têm andado a fazer construções que depois se desmancham (ao arrumar). O Feitiço fez isto:



Uns dias mais tarde, a Vassoura fez esta construção e veio fazer-se ao post...