Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (12, 11, 9 e 2 anos).

Quadras fresquinhas

28.03.16 | Bruxa Mimi
Hoje e amanhã


Passei o dia na escola
Sem alunos, a arrumar.
Apesar do meu empenho,
Amanhã terei de voltar. 

A Vassoura e a Varinha
Irão para casa dos avós.
O Feitiço irá para a escola
- Não deixará os amigos sós!

O Rogério está ao serviço
- Férias só tem no verão!
Hoje, por exemplo,
Às dez teve reunião.

Amanhã a meio da tarde
Terei uma grande alegria:
Filhote Pato virá
e far-me-á companhia!

Dormirá em nossa casa
Como fez mais de uma vez;
Passará a quarta comigo...
E eu farei quarenta e três*!

                  Bruxa Mimi


*Pois é, caros leitores, está a aproximar-se aquela data novamente... por isso na quarta-feira, dia 30, cheguem-se à frente com os parabéns! Cá vos espero! ;-)

Visita pascal

28.03.16 | Bruxa Mimi
Ontem, Domingo da Ressurreição, tivemos - à semelhança do ano passado, que foi quando nos "estreámos" -, a visita do nosso pároco.

Foi uma visita curta, mas muito agradável. As crianças estavam entusiasmadíssimas e eu acho que não estava menos!

O padre R. leu uma leitura adequada ao momento, aspergiu-nos com água benta, depois orámos em conjunto...

Senti uma alegria e uma paz grandes. Foi simples. Foi bom. 

A repetir, se Deus permitir!

"Visita de médico"

25.03.16 | Bruxa Mimi
Pode caracterizar-se assim* a companhia que fiz ao Senhor, esta manhã. A igreja paroquial esteve aberta das 10h às 12:30h. Eu tinha intenção de estar pelo menos uma hora em adoração do Santíssimo Corpo do Senhor, mas atendendo a que cheguei à igreja quando já passava das 12:15h...

Ainda por cima, foi uma visita interesseira: em vez de acompanhar o Senhor, pensando n'Ele, aproveitei foi para pensar e colocar nas Suas mãos as minhas preocupações e ocupações...

Ainda assim, se voltasse atrás e tivesse de escolher entre ir (por menos de 15 minutos, como foi o caso) e não ir, escolheria ir. Se pudesse mesmo voltar atrás, faria um esforço maior por ir mais cedo e ficar mais tempo!

*que não me levem a mal os médicos, se houver algum que leia isto. Esta expressão é fruto da minha vivência de infância: eu cresci a ouvir isto, e significava apenas uma visita curta, não significava que @ médic@ não fizesse tudo o que tinha a fazer quando ia lá a casa...

Ninguém me "nomeou"...

20.03.16 | Bruxa Mimi
... mas eu achei piada, por isso resolvi copiar e completar as frases sobre mim.

1- Sou muito... pormenorizada (vulgo chata) a contar histórias.

2- Não suporto... o cheiro dos cigarros e tabaco em geral.

3- Eu nunca... fumei nada, nem uma "passa".

4- Eu já briguei... e arrependi-me de ter deitado achas para a fogueira.

5- Quando era criança... queria ser professora. Ou bailarina. Sem dúvida, queria ser mãe.

6- Neste momento exato... estou sentada numa cadeira da minha sala.

7- Eu morro de medo de... ser assaltada ou atacada. Não sou nada corajosa à noite muito por causa deste medo.

8- Eu sempre gostei... de dançar. E conversar (com quem me sinta à vontade para conversar).

9- Fico feliz... quando os meus filhos são queridos uns para os outros. Quando o Rogério se ri, particularmente bem-disposto. Quando os meus alunos estão a trabalhar concentrados e em silêncio. Quando me confesso.

10- Se eu pudesse... mudava alguns alunos de escola.

11- Se pudesse voltar atrás... não teria trabalhado no colégio onde trabalhei dois anos (apesar da boa companhia).

12- Adoro... estar em paz e sossego. Estar no meio da confusão barulhenta, mas em que todos estão felizes (entre amigos, na família,...)

13- Eu quero muito... mudar para um T4 (honestamente, prefiro um T5 - se é para dizer o que quero...)

14- Eu preciso... de Deus. De me apoiar mais n'Ele. De O reconhecer (de reconhecer a Sua presença) em todas as situações da minha vida.

15- Não gosto de ver... lixo nas ruas ou sinais de vandalismo nas propriedades públicas ou privadas (especialmente públicas). Pessoas a conversar na Igreja, durante as celebrações (não me refiro a quem está com crianças e tem de (deve) lhes dirigir a palavra).

Não nomeio ninguém. Sintam-se à vontade para responder.

Pág. 1/3