Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (13, 11, 10 e 2 anos).

Mês de Maria - Dia 25

25.05.17 | Bruxa Mimi

"NAS ASAS DO DEMÓNIO"

 

Em Itália ficou célebre, no século XIX, o terrível revolucionário e mação Hércules António Calascibetta. Chegou a fazer guerra contra o Papa, e nas revoluções gritava masi alto do que ninguém:

- Morra a Igreja! Morram os padres e os frades!

Subiu a tal ponto a sua maldade e o seu ódio a Cristo, que se consagrou de alma e corpo ao demónio. No cartão de visitas lia-se o seu nome entre as asas abertas dum demónio vermelho. Queria isto dizer que pertencia a Satanás. Que horrível maldade!

Mas Deus, que quer a conversão de todos, mesmo dos pecadores mais empedernidos, deu-lhe uma esposa que era um anjo de doçura e de piedade.

Dizia ela muitas vezes ao marido com lágrimas nos olhos:

- Tu escreveste o teu nome nas asas do demónio, mas eu escrevi-o no Coração Imaculado de Maria. Vamos ver quem vence!

Voltando-se para Nossa Senhora, costumava dizer-lhe: «Ó Coração Imaculado de Maria, Vós que sois o refúgio dos pecadores, convertei o meu marido. Eu tenho confiança em Vós!».

Um dia, Hércules António caiu doente. Foi então que pode apreciar todo o carinho e bondade da esposa. Compreendeu que tanto amor e sacrifício só podiam vir da religião católica*.

O seu coração rendeu-se. Pediu perdão à mulher dos desgostos causados, fez retratação pública dos seus erros e confessou-se com grande arrependimento. No tempo de vida que ainda lhe restou, mostrou-se sempre católico fervoroso.

Preocupa-te a tua eterna salvação? Entrega-a ao Coração Imaculado de Maria. Nossa Senhora disse em Fátima: «A quem abraçar esta devoção, prometo a salvação e serão queridas de Deus estas almas, como flores postas por mim a adornar o seu trono».

Queres alcançar a conversão de algum pecador? Confia-o ao Coração Imaculado de Maria. «Para salvar as almas - disse a Virgem Santíssima - Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração».

Declarou o Cardeal Cerejeira: A mensagem de Fátima é «a manifestação do Coração Imaculado de Maria ao mundo atual para o salvar».

 

*[Não concordo com este "só", confesso.]

Mês de Maria - Dia 24

24.05.17 | Bruxa Mimi

"MATOU A ESPOSA"

 

Frei Clemente de Palência, sacerdote capuchinho, pregava uma missão aos presos duma cadeia de Espanha, entre os quais se encontrava um advogado. Num ímpeto de raiva tinha matado a própria esposa e pretendera fazer o mesmo aos filhos.

Durante as práticas mostrou-se sempre mais duro do que uma pedra. Ia acabar a missão sem que o desgraçado assassino apresentasse qualquer sinal de arrependimento. Quando o pregador se dirigia para a conclusão das pregações, saiu-lhe ao encontro uma pessoa, que lhe entregou uma Medalha Milagrosa destinada ao infeliz advogado.

Na cadeia, o sacerdote pediu que lho trouxessem. Apresentou-se o criminoso com desconfiança. Depois de algumas palavras amáveis, o sacerdote, num gesto de bondade e simpatia, ofereceu-lhe a medalha milagrosa e pediu-lhe com insistência que a pusesse ao peito.

Pegou nela o preso, depois de alguma hesitação.

No dia seguinte, este caso perdido para os homens, era um caso ganho para Deus. O advogado, tocado pela graça e profundamente impressionado, confessou com sentida contrição as suas culpas, recebendo pouco depois a Sagrada Comunhão.

A Virgem Santíssima, por meio da medalha milagrosa, trouxe ao bom caminho o desgraçado que há tantos anos andava longe de Deus.

O jornal O Cavaleiro da Imaculada, de 15 de março de 1973, publicou esta carta assinada por Agostinho Rosa, do Sabugal:

«Estando eu no fundo dum poço, aí com quatro metros de fundura, a explorar minério, senti uma voz que me disse: "Foge, depressa!". Eu trepei logo pela escada que tinha no poço e ainda não tinha chegado ao cimo da escada quando caiu um grande lanço de terra que, mesmo nas escadas, me tapou os pés.

Fiquei pensativo e convencido que Nossa Senhora me avisou, pois eu trazia comigo a medalha milagrosa.

Agora, em ação de graças a Nossa Senhora, quero distribuir as medalhas que puder, a fim de que toda a gente seja livre dos perigos e amem muito a Nossa Senhora».

É tão fácil e útil para as almas oferecer a medalha milagrosa às crianças, aos doentes, ou por ocasião de um batizado, de uma doença, de uma graça a alcançar!

Mês de Maria - Dia 23

23.05.17 | Bruxa Mimi

"A MEDALHA MILAGROSA"

 

A 27 de novembro de 1830, apareceu em Paris Nossa Senhora a Santa Catarina Labouré.

A Virgem Imaculada, vestida de branco com um manto azul, abriu e estendeu os braços. Os seus dedos cobriram-se de anéis de brilhantes pedras preciosas, das quais partiam raios de luz para o mundo, que estava a seus pés. Disse então a celeste aparição:

«Este globo que vês a meus pés representa o mundo inteiro e cada pessoa em particular. Estes raios são o símbolo das graças que eu derramo sobre os que mas pedem».

De repente, formou-se por cima da Virgem Santíssima um círculo luminoso com estas palavras escritas em letras de oiro:

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

«Nisto - conta a santa - voltou-se o quadro e vi no reverso a letra M encimada por uma cruz; por baixo dois Corações: o de Jesus cercado de espinhos e a arder em chamas e o de Maria também em chamas, atravessado por uma espada e rodeado de 12 estrelas. Ao mesmo tempo ouvi distintamente a voz de Nossa Senhora que me dizia:

- Manda fazer uma medalha por este modelo. Todas as pessoas que a trouxerem com devoção hão de receber graças abundantes e gozarão da minha especial proteção».

Eram as duas faces da medalha que os fiéis começaram a chamar milagrosa, devido às inúmeras graças por ela alcançadas.

Não desprezes as graças que Nossa Senhora te quer conceder por este meio tão simples. Traz com devoção esta medalha. Beija-a respeitosamente de manhã e à noite, dizendo a invocação: Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

Usar a medalha milagrosa é colocar-se debaixo da proteção de Maria Imaculada, na vida e na morte.

Há mais de um século que a devoção à Medalha Milagrosa opera maravilhas de graças, através do mundo e em todas as classes da Sociedade. Se o povo cristão a aceitar e levar com fé operar-se-á grande mudança nas almas.

Mês de Maria - Dia 22

22.05.17 | Bruxa Mimi

"ESTUDANTE MODELO"

 

O Padre Leblanc, jesuíta, visitava uma noite o dormitório dos alunos dum Colégio de Tolosa, França. Com surpresa vê um rapaz de joelhos junto da cama.

- Por que não estás deitado?

- Entreguei o meu escapulário ao porteiro para mo consertar e ainda não mo veio trazer. Não me atrevo a deitar-me com medo de morrer esta noite, sem o meu escapulário.

- Não tenhas medo, deita-te. Amanhã terás o teu escapulário. Agora dorme, descansado.

- Meu Padre, não me posso deitar. Bem pode ser que morra esta noite. - E pronunciando estas palavras, chorava com não sei que pressentimento.

O bom sacerdote, impressionado com tão piedosas disposições, desceu à portaria, tomou o escapulário e levou-o ao estudante que o beijou devotamente e o pôs ao pescoço. Deitou-se logo, invocando o nome de Maria.

No dia seguinte o Padre Leblanc faz a costumada visita para averiguar se todos os rapazes estavam levantados. Vê ainda deitado aquele aluno. Aproxima-se da cama, abana-a. O estudante não responde, estava morto, apertando entre as mãos o seu escapulário.

Feliz dele por ter expirado com esse sinal de predestinação!

A 16 de julho de 1251, aparecendo a São Simão Stock, prometeu Nossa Senhora a salvação a quem trouxer piedosamente durante a vida e morrer com o escapulário do Carmo. Por decreto de 16 de dezembro de 1910 o Papa São Pio X concedeu que o escapulário do Carmo pudesse ser substituído por uma medalha benzida, contanto que que tenha dum lado o Coração de Jesus e do outro lado Nossa Senhora em qualquer das suas invocações (Carmo, Fátima, Lourdes, etc.) As graças e privilégios são os mesmos.

Procura, pois, trazer sempre piedosamente ao peito e morrer com este sinal de salvação, o escapulário.

Nossa Senhora, na última aparição tanto de Lourdes como de Fátima, mostrou-se em figura de Nossa Senhora do Carmo.

O santo Padre Cruz tinha uma confiança ilimitada no escapulário de Nossa Senhora do Carmo. Ele próprio o usava e distribuiu milhares com intenção de afervorar a confiança em Maria e ajudar os outros a viver bem e alcançar a morte na graça de Deus.

Mês de Maria - Dia 21

21.05.17 | Bruxa Mimi

"O EXEMPLO DO GENERAL"

 

O General Filipe Leclerc foi um dos mais heróicos militares da França nos últimos tempos. Oiçamos o que sobre ele escreveu a sua viúva:

«A primeira Comunhão fê-la a 2 de fevereiro de 1911. O Padre du Lac deu-lhe então uma pequena imagem de Nossa Senhora de Lourdes que o acompanhou a vida inteira, para toda a parte.

No Colégio de Amiens, a pequena estátua tinha um lugar especial na sua carteira. Olhava-a e invocava com frequência...

Em outubro de 1922 Filipe começou a sua vida na Escola de Exército. Eram 30 rapazes a viver em comum. Chegada a hora de deitar, Filipe fez apelo a toda a sua força para vencer o respeito humano. Ajoelhou-se; imediatamente, chovem sobre ele sapatos e outros objetos acompanhados de palavrões: Beato! Padreca!, etc.!

No dia seguinte, outro companheiro rezava também de joelhos as orações da noite. Quando chegaram ao fim do ano, toda a camarata os imitava...

Da Indochina escrevia ele estas palavras, em 1945: «Se o mau exemplo é contagioso, o bom não o é menos».

O general dirigia-se a Nossa Senhora com uma confiança de criança. Quer a vida lhe corresse bem, quer não, todas as noites lhe fazia um ato de abandono e consagração. Nunca começava uma empresa sem, primeiro, lha confiar. E se havia qualquer dificuldade especial a vencer, prometia à Mãe de Deus, antes de mais, uma missa de ação de graças... Após a libertação de França pagou as suas dívidas: 13 missas de ação de graças à Santíssima Virgem.

Era fiel à reza do terço e, no deserto, debaixo da tenda de campanha ou, ao lado da sua pele de carneiro, lá tinha sempre o terço para a oração da noite».

Em Julho de 1947 a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima entrou na igreja da sua freguesia. Um sacerdote explicou os pedidos de Nossa Senhora. O General escreveu num cartão estas palavras, que colocou aos pés da Virgem Maria: «O General Leclerc compromete-se a cumprir a mensagem de Nossa Senhora».

Cumpre-a também tu. Como este herói, traz contigo uma imagem, estampa ou medalha da Virgem Santíssima, reza-lhe sempre o terço e as orações da noite. A devoção a Nossa Senhora é timbre dos heróis e dos bons católicos.

Mês de Maria - Dia 20

20.05.17 | Bruxa Mimi

"AS AVE-MARIAS"

 

Canta o hino «Ave de Fátima»:

Foi na Cova da Iria,

quando o terço te rezavam,

quando os sinos convidavam

a orar era mei'dia.

E o hino de Lourdes:

Era de harmonia,

Hora singular;

As Ave-Marias

Os sinos a dar.

Foi realmente quando os sinos tocavam às «Ave-Marias» ao meio-dia, que Nossa Senhora apareceu, tanto em Fátima como em Lourdes, prova de quanto a Virgem Santíssima ama e estima esta devoção! Ela fá-la olhar com carinho a terra e descer benigna até nós com as suas graças e até com a sua presença!

O toque dos sinos pela manhã marcava antigamente a hora do levantar; o do meio-dia, a hora da refeição; o da noite, a hora do regresso a casa. E os trabalhos interrompiam-se, os homens descobriam-se [tiravam os chapéus da cabeça] e todos rezavam para recordarem essa sublime hora em que a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade se fez homem e em que uma humilde donzela de Nazaré «chamada Maria» foi feita Mãe de Deus (Lc 1, 26-38).

É preciso não perder tão bela tradição. Tomemos hoje a firme resolução de, ao ouvir o toque dos sinos [ou do telemóvel, se pusermos um alarme para esse fim], nos recolhermos e rezarmos três Ave-Marias, acompanhadas, sendo possível, com as orações apropriadas.

Escutemos o Santo Padre Paulo VI: «As nossas palavras acerca das "Ave-Marias" pretendem ser simples mas fervorosa exortação a que se mantenha a sua costumada recitação... Tal exercício de piedade não tem necessidade de ser reformado: a estrutura simples, o carácter bíblico, a origem histórica que o liga à oração pela conservação da paz, o ritmo quase litúrgico que o liga a momentos diferentes do dia fazem que ele conserve inalterável o seu valor e intacta a sua frescura. Permanece inalterável o valor da contemplação do mistério da Encarnação do Verbo, da saudação à Virgem Santíssima e do recurso à sua misericórdiosa intercessão. Permanecem também invariáveis para a maior parte dos homens aqueles momentos característicos do dia - manhã, meio-dia e tarde - que assinalam os tempos da sua atividade e constituem convite a uma pausa de oração» (Marialis Cultus, n. 41).

Queria que o tempo...

19.05.17 | Bruxa Mimi

... esticasse, para poder ao mesmo tempo descansar e pendurar roupa no estendal, ou escrever um post daqueles mais longos (não como este), ou cozinhar, ou...

 

Se calhar nesta fase deveria optar sempre pelo descanso (Deus bem sabe como de noite o meu descanso é pouco graças a uma linda menina chamada Magia), mas depois vejo as outras coisas a precisar de ser feitas, e, não sendo eu uma fanática da arrumação (longe disso), ou das coisas do lar em geral, acabo muitas vezes por me decidir pelo não descanso.

 

Enfim...

Mês de Maria - Dia 19

19.05.17 | Bruxa Mimi

"ANTES DE DORMIR"

 

Num hospital de Espanha está estendida na mesa de operações uma pequenita.

Um dos médicos vai-lhe dar uma injeção para lhe tirar os sentidos. Para que a menina não veja a agulha, diz-lhe em tom carinhoso:

- Olha, minha menina, agora vais fechar os olhinhos para dormir, sim?

- Eu não durmo de dia - responde a doentinha.

- Mas hoje tens de dormir para sarares. Vá, fecha os olhos!

A pequenina tinha prometido à mãe que rezaria sempre três Ave-Marias antes de dormir. Volta-se, pois, para os médicos e suplica:

- Eu, quando vou dormir, rezo sempre três Ave-Marias. Deixam-mas rezar também agora?

- Sim, reza-as à vontade - disse um dos operadores.

Aquele pequenino anjo levantou-se, ajoelhou-se em cima da mesa das operações, pôs as mãos e rezou três vezes a Ave-Maria. Depois tornou-se a deitar e fechou os seus olhinhos pequenos e inocentes.

Os médicos e enfermeiras olhavam-se, comovidíssimos. Mais que todos estava impressionado um dos médicos. Voltando-se para os colegas diz:

- Acabem vocês a operação! Eu vou-me embora; já não sou cá preciso.

Meteu-se no consultório, fechou-se à chave, caiu de joelhos e começou a chorar: - «Neste mundo ainda há anjos de inocência. E eu?... Mas não posso continuar nesta triste vida» - exclama. Quando abriu a porta, foi para procurar um sacerdote a fim de confessar os seus pecados.

A piedade da menina, que não queria dormir sem rezar as três Ave-Marias, tinha-o convertido.

Este exemplo é para imitar. Que nenhum de nós se deite na cama à noite, sem antes rezar três Ave-Marias a Nossa Senhora.

São Leonardo de Porto Maurício pregou por toda a parte, com grande fervor, a devoção das três Ave-Marias, dizendo: «Oh! Que santa prática de piedade! É meio "eficaz" para assegurar a vossa salvação».

How I met your father - Episode 4

18.05.17 | Bruxa Mimi

Episode 3

Kids,

 

No último episódio divaguei sobre a minha entrada para a universidade, mas vou retomar a narração sobre o meu "primeiro amor" no ponto em que ficara.

 

Ele entrou para a universidade e eu mudei de escola porque onde eu tinha feito o 3.º curso do 12.º ano não havia o 4.º curso, que eu precisava fazer para entrar na Escola Superior de Educação, no ano seguinte.

 

Deixei de o ver, mas não deixei de pensar nele. Talvez se houvesse alguém interessante na minha nova turma eu o tivesse esquecido, mas não havia realmente ninguém que (aos meus olhos) valesse a pena.

 

Também a minha melhor amiga entrou para a universidade (e as outras amigas, de uma maneira geral) e, por causa disso, e da sua primeira época de exames, eu tive oportunidade de colocar alguns pontos nos ii e decidir partir para outra (sentimentalmente falando). Como? É o que eu vou contar, não é preciso roerem as unhas com a ansiedade!

 

A minha amiga precisava de um sítio sossegado para estudar, um sítio mais sossegado do que a sua casa. Esse sítio existia e era a casa de férias de uma amiga dos pais, uma "tia emprestada". Mas os pais não achavam bem que ela ficasse lá sozinha durante uns dias, entre o Natal e o ano novo, e eu fui convidada para lhe fazer companhia, sem, obviamente, a prejudicar no estudo. Eu levei uns trabalhos para fazer (ou exclusivamente, ou principalmente, não me lembro, folhas e folhas com exercícios de inglês marcados pelo meu professor do instituto de línguas e que me davam gosto fazer) e passámos uns dias calmos, sem incidentes. Claro que também tivemos tempo para conversar, e, entre amigas, assuntos do coração não escapam.

 

Falámos sobre "ele" e em como eu queria saber se valia a pena continuar a pensar nele ou se mais valia esquecê-lo. Como ele morava na mesma zona que a minha amiga, tivemos uma ideia: pedir aos pais dela que, em vez de me deixarem em casa dos meus pais, no fim dos dias de estudo, me deixassem na casa dele (que eu sabia onde era, apesar de nunca lá ter posto os pés, e de onde facilmente sairia para ir de comboio até minha casa).

 

Claro que não ia aparecer em casa dele sem avisar. Eu tinha o número de telefone dele* e telefonei-lhe (precisei de coragem!) a perguntar se poderia passar em casa dele para conversar um pouco. Ele disse que podia ser. E assim foi!

 

 *Estávamos em 1991 - o telefone dele era o telefone de casa dele, não era o telemóvel. Arrisquei, por isso, que nem fosse ele a atender e por acaso acho que não foi mesmo. Mas não sei quem foi.

 

Episode 5

Mês de Maria - Dia 18

18.05.17 | Bruxa Mimi

"AS TRÊS AVE-MARIAS"

 

Santa Matilde, religiosa beneditina do século XIII, conta que pediu a Nossa Senhora lhe valesse na hora da morte. A Virgem Santíssima respondeu:

«Sim, farei seguramente o que me pedes, minha filha. Peço-te, porém, que todos os dias rezes três Ave-Marias em minha honra... Na hora da morte, eu assistir-te-ei com o meu conforto e afastarei de ti qualquer força diabólica».

Não foi portanto por vontade e obra humana que esta devoção surgiu, mas por expressa revelação de Maria, com promessas consoladoras.

Tais promessas parecem encontrar confirmação em numerosos casos, particularmente neste, sucedido em 1604 na cidade de Bruxelas, capital da Bélgica.

Certa noite, dois libertinos pecaram gravemente. Um demorou-se um pouco mais no sítio da culpa; o outro retirou-se.

Este último, ao entrar em casa, lembra-se que não tinha rezado, como de costume, as três Ave-Marias. Morto de fadiga, faz esforços consigo próprio e reza-as bastante mal. De repente, aparece-lhe o seu companheiro, desfigurado, horrendo.

- Quem és?

- Ai! Tem pena de mim, que estou condenado! Ao sair daquela casa, morri. O meu corpo ainda está na rua. Fica sabendo que o mesmo castigo te esperava a ti. Foi a Santíssima Virgem que dele te livrou, por causa das três Ave-Marias que costumas rezar em sua honra.

E desapareceu. O estudante cai de joelhos para agradecer a Maria, derrama abundantes lágrimas de arrependimento e vai fazer penitência num convento.

O Beato Ricardo de Humme-sur-Heure foi testemunha ocular da morte deste desgraçado, morte que o decidiu a entrar também no convento. Partiu como missionário para o Japão, onde morreu mártir. O Papa Pio IX elevou-o às honras dos altares no ano de 1887.

Movido por tantos factos verdadeiros Santo Afonso Maria de Ligório escreveu: «Para os pecadores é a devoção clássica, aprovada pela Igreja, especialmente para eles. Se a emenda completa não chega rapidamente, haverá, pelo menos, grande melhoria, e perseverando com fidelidade nesta prática, mais cedo ou mais tarde, Nossa Senhora alcançará a cura total».