Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (12, 11, 9 e 2 anos).

Desafio das 52 semanas - semana 13

30.03.18 | Bruxa Mimi

52.0.JPG

 

Semana 13: Fico envergonhada quando…

... me esqueço de dar os parabéns a alguém próximo;

... me encontro com alguém pela primeira vez (como aconteceu no jantar de Natal de bloggers);

... tenho de falar no meio de muita gente;

... descubro que, por lapso, me esqueci de pagar ou devolver alguma coisa a alguém;

... calha!

 

Mas posso dizer-vos que fico muito menos envergonhada (em "intensidade da vergonha") do que em tempos ficava!

 

Acrescento ainda que não fico envergonhada se me derem os parabéns, hoje, 30 de março, pelos meus 45 anos!

 

P.S. - Uma Santa Sexta-feira Santa para todos!

So long, farewell,...

27.03.18 | Bruxa Mimi

Não sabia que nome dar a este post, por isso ficou o que ficou...

 

Neste resto da Semana Santa, vou tentar reduzir o tempo de écran, tanto de televisão como de computador.

 

Por isso, esta semana não há episódio do "How I met your father", porque ainda não está escrito (se estivesse, como tem hora certa, deixava-o agendado). 

 

O post do desafio das 52 semanas vai sair à mesma, pois está escrito e agendado há imenso tempo e já foi alvo de revisão recente.

 

O post das 5 coisas boas, em princípio, sai no início da próxima semana. Ou não sai e junta-se ao da semana seguinte. Logo se vê.

 

5 Coisas Boas Por Semana | 19-3 a 23-3-2018

24.03.18 | Bruxa Mimi

hoje.JPG

19 de março (2.ª feira)

  • Filhote Pato veio visitar-me. Foi pouco tempo, mas foi bom. 
  • A Magia começou a jantar às 21:30 h (mais tarde do que o habitual). Adormeceu depois de terminar a sopa, enquanto eu preparava a fruta, ou seja, adormeceu na cadeira. Não a transferi para a cama para ver se acordava e ainda comia a fruta. Quando acordou, 30 minutos depois, não quis a fruta. Notava-se que tinha sono. Preparei-a para a cama, mas não se acalmava das maneiras habituais (incluindo o colo todo-poderoso). De repente, tive uma intuição: «E se a puser a mamar?».Eram 23 horas. Não encaixava no ritmo comum da Magia comer com um intervalo tão pequeno, mas...era mesmo isso que ela queria! Mamou dos dois peitos, bebeu uma boa parte do leite do biberão e depois ficou sossegada na cama, adormecendo num instante! Realmente, nós, seres humanos, não somos máquinas previsíveis e programáveis - nem em bebé, nem depois... 

 

20 de março (3.ª feira)

  •  De manhã, a Magia bebeu o biberão preparado com 210 ml de água, todo, pela primeira vez! Ups!... Descobri que afinal foi a segunda vez, mas continua a ser uma coisa boa! 

 

21 de março (4.ª feira)

  •  A Magia não vomitou (depois de ter vomitado duas vezes na terça). 
  • As discussões entre a Vassoura, a Varinha e o Feitiço foram relativamente poucas e pouco intensas. 

 

22 de março (5.ª feira)

  •  Falei ao telefone com uma amiga com quem não falava há alguns meses. 
  • Descobri que o blogue tinha 5 seguidores por email. Obrigada ao Trip, que foi quem me levou a  disponibilizar essa opção! E obrigada aos 4 novos seguidores! 

 

23 de março (6.ª feira)

  • A Varinha comeu tudo ao jantar e ainda queria comer mais (ela é mesmo fã de douradinhos...)!

Persuasion, de Jane Austen

23.03.18 | Bruxa Mimi

Quando terminei de ler o livro (no dia 1 deste mês) fiquei de escrever sobre ele e depois esqueci-me de o fazer. Mas mais vale tarde do que nunca, não é o que se diz?

 

A protagonista chama-se Anne Elliot, tem 27 anos e é encantadora, gentil, prática, ativa, prestável. A irmã mais velha, Elizabeth, é mimada, fútil e bastante inútil. Anne sai à mãe, falecida quando ela tinha uns 14 anos (o livro diz a idade, eu é que já não sei qual era). Elizabeth sai ao pai, vivo e insuportavelmente fútil e centrado no seu umbigo.

 

Anne é desvalorizada pelo pai e pela irmã. Ignoram as suas necessidades e tratam-na como inferior, quando, na verdade, ela vale muito mais do que eles.

 

Há outra irmã, a mais nova das três, que casou com um ex-pretendente de Anne. Anne recusara o seu pedido de casamento por estar irremediavelmente apaixonada pelo seu primeiro pretendente, Frederick Wentworth, com quem rompera o noivado no dia seguinte a ter respondido afirmativamente, aos dezanove anos. A sua mudança de resposta deveu-se à influência negativa mas bem intencionada de uma amiga mais velha (a melhor amiga da falecida mãe), que o achou inadequado para Anne. 

 

Na "atualidade", por circunstâncias que não me apetece contar, Anne e Frederick vão estar novamente em contacto. E o reencontro não vai ser fácil, nem para um, nem para o outro...

 

Gostei imenso de reler esta história! 

CCF23032018_00000.jpg

Desafio das 52 semanas - semana 12

23.03.18 | Bruxa Mimi

52.0.JPG

 

Semana 12: Coisas para se fazer no frio.

Dormir bem agasalhadinha; ver televisão sentada no sofá por baixo de uma manta e a comer pipocas semi-caseiras; jogar jogos de tabuleiro em família; estar com amigos em casa deles, ou na nossa, desde que bem quentinhos; tomar banho com água quentinha (muito quente, não, obrigada!); ...

Preciso de ajuda

22.03.18 | Bruxa Mimi

Não consigo encontrar o blogue da Graça que faz coisas lindas. Um ar da sua graça, ou algo assim.

Quem me pode escrever o link num comentário?

Muito obrigada!

 

*******

 

Lembrei-me que foi através de um Follow Friday da Joana que fiquei a conhecer o blogue da Graça. Pesquisei no Quiosque e encontrei o blogue, por isso já não preciso de ajuda, mas muito obrigada a quem se disponibilizou mentalmente para me ajudar!

How I met your father - Episode 18 - a Summer crush

22.03.18 | Bruxa Mimi

Pilot (ep. 1)

Season 2, episode 5 (ep. 17)

Kids,

 

No verão dos meus 24 anos fui à Escócia (não foi só nesse verão que lá fui, mas isso agora não interessa nada). Não fui sozinha, nem com familiares, mas sim com colegas e amigas e com pessoas desconhecidas que se inscreveram no mesmo curso de verão do que eu.

 

Uma dessas pessoas era um rapaz mais ou menos da minha idade, arquiteto ou a caminho disso. Sem fazer por isso, cativou-me. Mantendo-me discreta (que é o meu registo habitual), sempre que podia, estava onde ele estava. Mas não tinha jeito para meter conversa de chacha e não tinha assunto para uma conversa que não fosse de chacha e que lhe pudesse interessar (pelo menos na minha opinião).

 

Numa saída após o jantar, numa noite que não era véspera de aulas, os professores (pouco mais velhos do que nós) levaram os alunos que tinham idade para consumir alcool a um pub. Eu fui apenas por causa do rapaz, já que bares e pubs aren't my thing. Mais valia não ter ido, já que de nada me serviu. Mas que estou eu a dizer?? Serviu de muito! Se não tivesse ido, não poderia, na eventualidade de um dia me perguntarem: "Have you ever been to a pub?", responder: "Been there, done that." ou, mais formalmente: "Yes, I've been to a pub - once."

 

Terminado o curso de verão e regressados à lusa pátria, nunca mais vi o rapaz. Certo?

 

Errado! Vi-o pelo menos mais uma vez, num jantar em Lisboa, organizado primordialmente pela grande impulsionadora da ida de portugueses àqueles cursos de verão, uma minha ex-professora.

 

Éramos aproximadamente vinte pessoas, nesse jantar. Não fiquei sentada perto dele, ou, se fiquei, não me lembro (o que quer dizer que, para todos os efeitos, não tive nenhuma conversa memorável, ou lembrar-me-ia).

 

Nota-se muito, pela forma como contei esta paixoneta de verão, que não foi muito importante? É que praticamente só me lembro da cara dele (que não era feia e normalmente apresentava um sorriso aberto) devido às fotografias desse verão que fazem parte do meu álbum "Escócia". Foi mesmo uma coisa passageira...

 

Season 2, episode 7 (ep. 19)

Dos prazeres da maternidade #1

21.03.18 | Bruxa Mimi
  • A bebé vomitar jorrar vómito (tipo fonte) por cima de si e de ti, que a tens ao colo. A fase seguinte é quase tão boa: limpar a porcaria (sim, porcaria - não tem outro nome).

 

  • A bebé fazer cocó na fralda e pelas costas acima. A fase seguinte é simplesmente maravilhosa.

 

  • A bebé vomitar durante a sesta (pelo menos é na cama, não é?) e ficar com vomitado no cabelo, além de conspurcar a cama e o que tem vestido. Dar-lhe banho e vesti-la com ela a chorar ininterruptamente (apesar de habitualmente adorar o banho). Pegar na bebé, lavadinha e prontinha e... ela vomitar novamente - desta vez para cima de ti também!

Pág. 1/4