Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Perguntas à moda do Trip (3.º conjunto)

por Bruxa Mimi, em 01.03.18

1. Na altura da passagem para o euro, como moeda obrigatória, e tendo eu feito a escritura da minha casa no dia 4 desse mês (março de 2002), e começando obras na casa, logo a seguir, demorei um bocado a adaptar-me às duas realidades (euro + novas despesas)... Cheguei a ter saldo negativo, que rapidamente corrigi, passando a controlar melhor a entrada e a saída do dinheiro! 

 

2. Não.

 

3. Caju.

 

4. Com o máximo de tempo seguido que fiquei sem tomar banho, no inverno, em certo ano da minha adolescência. 

 

5. Quer dizer que se ele se saísse mal, era ele que saía, e não eu? Ou ele ia em representação dos dois? Não estou muito por dentro das regras do Master Chef... Acho que na primeira hipótese, seria justo ser eu a fazer a eliminatória, mas não sei se, estando realmente a participar no concurso, não aproveitaria para enviar o outro... Quem me garantia a mim que, se a situação fosse inversa, ele não me enviava a mim? Se fosse a segunda hipótese, acho que escolheria o que me parecesse ter mais hipóteses de superar a prova, para bem de ambos.

 

6. Tapar-me.

 

7. Comer uma bolacha, sabendo que não conseguiria comer só uma - o que se verificou. Montes de vezes.

 

8. Já contei isso num dos episódios do "How I met your father". A série começa aqui. O episódio sobre os amores da infância é o último da primeira temporada (ep. 12, se não me falha a memória).

 

9. Há muitas maneiras horríveis, não quero escolher uma. Ou melhor, quero escolher uma maneira de morrer: durante o sono, muito velhinha, rodeada por família e muito amor.

 

10. Uma semana, ou duas, foi o máximo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Season 2, episode 3 (ep. 15)

Kids,

 

No episódio da semana passada, ouvi a pergunta que há tempo gostaria de ter ouvido:

 

- Queres namorar comigo?

 

O único problema é que eu simpatizava com o B (o autor da pergunta), mas não estava apaixonada. No entanto, não descartava a hipótese de me vir a apaixonar, com o tempo, à medida que o fosse conhecendo melhor, pelo que foi isso que respondi. Ilustrei o que queria dizer com a história de um casal muito meu amigo:

 

"A M e o F conheceram-se na universidade, numa iniciativa de voluntariado em que ambos participaram. Tornaram-se amigos. Agum tempo depois, a M começou a desconfiar que o F gostava dela de uma maneira especial, o que a deixou desconfortável, porque não correspondia, mas não queria perder a sua amizade. Um dia, o F quis falar com ela sobre sentimentos. A M pensou que ele se ia declarar, mas falhou a previsão. O que o F tinha para lhe dizer era que tinha a sensação que ela gostava dele de uma maneira especial, mas que ele só gostava dela como amigo. Aliviada, a M contou-lhe o que tinha pensado, e que também só gostava dele como amiga. Continuaram a encontrar-se. Mais tarde, o F disse à M que já gostava dela mais do que como amigo, mas ela respondeu que continuava a sentir apenas amizade. Continuaram a encontrar-se. Mais tarde ainda, os sentimentos da M aprofundaram-se e ela disse isso ao F. Começaram a namorar e entretanto casaram."

 

A história que contei era verdadeira, e eu acreditava realmente que poderia passar-se algo parecido entre mim e o B. Claro que não tinha certezas nem garantias que tal fosse acontecer, mas, se o B concordasse, poderíamos continuar a sair juntos e logo se veria...

 

Ele aceitou a minha resposta. 

 

Season 2, episode 5 (ep. 17)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas enfeitiçadas:

A Vassoura queria ser blogger

por Bruxa Mimi, em 01.03.18

... ou pelo menos ter um blogue, como as primas. Eu não deixei, nem vou deixar, nos próximos tempos. Comentei isso com a minha irmã Margarida (mãe das princesas) e ela fez uma sugestão que eu partilhei com a Vassoura, que ficou entusiasmada.

 

A sugestão é muito simples: permitir que a Vassoura escreva textos neste blogue. Ainda não escreveu nenhum e não sei quando o fará, mas gostaria de saber a vossa opinião acerca de um pormenor: deverei fazer a revisão/correção dos textos da Vassoura, ou deixo-os tal como ela os escrever? Uma coisa é certa: os textos dela estarão sempre identificados como sendo da sua autoria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas enfeitiçadas:



Made by Vassoura



Comentários recentes