Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (12, 11, 9 e 2 anos).

A Magia não é uma super bebé

18.01.19 | Bruxa Mimi

A Magia tem 20 meses (um ano e oito meses, para quem não gosta de fazer contas). Não é uma super bebé em nenhum campo do desenvolvimento infantil.

 

Não anda sozinha. 

O máximo que já fez, algumas vezes, foi dar uns três ou quatro passos entre dois apoios. Caminha alegremente agarrada às coisas, ou segurando a mão - ou um dedo - de alguém. Mas, quando outras crianças da mesma idade e mais novas, não só andam, como correm, dar uns passinhos não é grande feito...

Sei que é uma questão de tempo. O neurocirurgião pediátrico disse isso mesmo. Problemático seria se ela não andasse, de todo. Assim, devemos "forçar" a marcha, mas sem stress. Forçar, aqui, quer dizer pô-la em situações em que caminha, em vez de ir de gatas ou ao colo. Já foi da creche para casa algumas vezes a pé, pela mão. Não se importa nada, apesar de às vezes querer ir depressa demais e se desequilibrar (não cai porque lhe estamos a dar a mão, claro). Para ela, andar não é problema. Só andar sozinha é que não lhe inspira confiança...

 

Não diz grande coisa. 

Percebe-se que percebe tudo o que lhe dizemos. O inverso está longe de ser verdadeiro. Das coisas que diz, apenas mamã, papá e papa são palavras bem pronunciadas. O resto só é percetível para pessoas próximas, como aqui a je.

cáco - carro;

anana - banana;

tatá! - já está!

áuff ou áua - água;

mau - mão;

ápé - o pé;

ámai - quero mais;

ámeia - a chucha (!), mas também "a meia";

... Não me lembro de mais palavras que diga. Imita um gato bastante bem, e imita um cão com um som que parece que está a fingir que tem tosse seca "curta".

 

Noutras componentes do desenvolvimento motor, não sei bem como está. 

Come relativamente bem com a colher. Faz puzzles de encaixar animais nos espaços próprios. Monta torres de copos. Folheia livros e revistas com cuidado (ou então não, e lá se vai uma folha). Encaixa (às vezes) peças de Lego duplo. Faz alguns movimentos associados a canções que "aprende" na escola ("cabeça, ombros, joelhos e pés, joelhos e pés", "eu mexo um dedo").

 

Não, a Magia não é realmente uma super bebé, o que significa que eu não sou uma super mãe (como se eu alguma vez tivesse pensado que era - tendo em conta, especialmente, que já tenho outros três filhos para tornarem evidente que não sou).

 

Mas...

... nenhum(a) bebé olha para mim como a Magia olha para mim. 

... nenhum(a)  bebé tem o sorriso mágico e poderoso da Magia. 

... nenhum(a) bebé tem as gargalhadas terapêuticas da Magia. 

 

Eu não trocaria a Magia

por nenhum super bebé do Mundo!