Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (14, 13, 11 e 4 anos).

05.03.13

Bimby vs Nina


Bruxa Mimi
Eu tenho uma Bimby desde o verão de 2010, tinha o Feitiço meio ano (para perceber quem é o Feitiço, ler isto). Mas tenho uma Nina desde antes de nascer a Vassoura (se não foram à primeira e querem perceber o porquê destes nomes tão sui generis, vão agora: aqui).

A Nina (nome fictício) é a nossa empregada, duas vezes por semana. Não é portuguesa.

Se não conhecem a Bimby, pesquisem no google e facilmente descobrirão. Se estiverem interessados numa demonstração, digam qualquer coisinha, que eu contacto a minha agente (eu não faço parte desse grupo empreendedor).

A Bimby faz tudo, ou quase tudo, no que diz respeito a cozinhar. Graças à Bimby, eu, um autêntico zero na cozinha, já fiz bacalhau com natas, lasanha, tagliatelle com não sei quê, limonada, gelados, pizza, muitas sopas e muita papa de flocos de aveia. A Vassoura e a Varinha apreciam esta última, tal como a sua mãezinha. O Rogério passa bem sem ela e o Feitiço, nisso, parece sair ao pai.

Mas a Nina, oh, a Nina... além de fazer tudo o que a Bimby faz (bem, nunca fez gelados, pelo menos cá em casa, mas faz uns bolos muito saborosos), limpa a casa, engoma a roupa, cose roupa quando necessário...

Se eu podia viver sem a Bimby? Podia, mas não era a mesma coisa (especialmente durante as férias da Nina)!

Se eu podia viver sem a Nina? Podia, e quando ela deixar Portugal, vou ter de o fazer, mas não será a mesma coisa. Nessa altura, é que passarei a ser uma "bimbólica". Por enquanto, sou uma "ninólica".

7 comentários

Escrever palavras mágicas