Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (14, 12, 11 e 3 anos).

12.07.13

Erros do passado #1


Bruxa Mimi
Não, não são opções de vida que lamento ter tomado em tempos idos. :-) São simplesmente erros gramaticais, ou de outro tipo, que eu a certa altura superei, e quase sempre com a intervenção de alguém.

Não estou, portanto, a "atirar pedras ao ar", pois os meus telhados também são de vidro...

Deixei de cometer este(s) erro(s) (ver abaixo) no mesmo dia em que tomei consciência dele(s), com 15 anos. Graças a quem? Graças a uma professora (de uma disciplina que não era Português), que se apercebeu que muitos alunos davam este erro e que em poucos minutos nos esclareceu.

Como conjugar o verbo manter
(ou abster-se, conter, deter, entreter, obter, suster, entre outros)

A resposta é simples: em todos os tempos verbais, a terminação destes verbos é igual à terminação que tem o verbo ter.

Exemplos:

tenho / mantenho / sustenho [no Presente do Indicativo, creio que ninguém se enganava]

tinha / mantinha / obtinha [erros: mantia, obtia]

tive / mantive / abstive-me [erros: manti, absti-me]

tivera / mantivera / detivera [erros: mantera, detera]

- teve / manteve / entreteve [erros: manteu, entreteu]

Da mesma forma, o verbo intervir* conjuga-se como o verbo vir.
*(e outros, como advir, provir e sobrevir)

Exemplos:

- venho / intervenho / advenho [creio que ninguém se enganava]

- vinha / intervinha / sobrevinha [erros: intervia, sobrevia]

- vim / intervim / provim [erros: intervi, provi]

- veio / interveio / adveio [erros: interviu, adveu]

- viera / interviera / sobreviera [erros: intervira, sobrevira]

----------
Adenda: Substituí o verbo "provir" pelo verbo "intervir", referido pela Miú Segunda no seu comentário, pois "intervir" é muito mais usado e "chega" a mais pessoas, provavelmente.

Nem todos os verbos terminados em "-ter" se conjugam como o verbo ter. Exemplos: meter, cometer. Para ajudar, lembrei-me de incluir um truque (que é o que eu uso, em caso de dúvida):

- Dizer o verbo no Presente do Indicativo, na 1ª Pessoa do Singular ("Eu .............."). Porquê? Porque, em princípio, ninguém (com mais de 6 ou 7 anos) se engana nesse tempo. Ninguém diz: "eu metenho" em vez de "eu meto", ou "eu cometenho" em vez de "eu cometo" - logo, estes verbos não se conjugam como o verbo ter. Por outro lado, ninguém diz "eu manto" em vez de "eu mantenho", "eu conto" em vez de "eu contenho", ou "eu obto" em vez de "eu obtenho". O que acham deste truque?

6 comentários

Escrever palavras mágicas