Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Made by Vassoura



Comentários recentes

  • Nuno

    Olá amiga espero que depois de todola esta azáfama...

  • omeumaiorsonho

    Bom trabalho ;)

  • Carla Pereira

    Um pulinho para enviar um beijinho!

  • Mamã Coruja

    Experimenta a Glod! São tão boas!Convido-te a visi...

  • Bipolar

    Ahahah, que delícia de post! Por acaso, como tenho...




Pilot (ep. 1)

Season 2, episode 7 (ep. 19)

Kids,

 

Apesar de não terem feito nenhum comentário, de certeza que acertaram na adivinha com que terminou o último episódio. Lembram-se dela? [Eu sei que não se lembram. Já passou demasiado tempo.]

 

O rapaz de quem já aqui falei tinha um irmão mais velho e um primo mais novo que não me foram indiferentes. O irmão mais velho gostava de me provocar um bocadinho, mas não era nada que não fizesse a qualquer outra pessoa. Era o seu feitio. Embora não me tenha sido indiferente, o que senti por ele foi bastante superficial. Acho que não cheguei a conhecê-lo o suficiente para os sentimentos se aprofundassem (ou então o facto de ter gostado do irmão foi inibidor disso).

 

Já o primo mais novo foi outra história...

 

Este rapaz, de seu nome Rogério (e esta, hein?), era (é) de baixa estatura e, quando o conheci, tinha cabelo compridíssimo (mais comprido, mais forte e mais bonito do que o meu alguma vez foi). É engraçado que eu prefira os elementos do sexo oposto de cabelo curto, mas que sempre tenha achado que ele ficava muito bem com o cabelo comprido - no entanto, quando anos mais tarde o cortou, achei que ficava (ainda) melhor. Outra coisa que eu gostava neste rapaz era a voz, em especial quando cantava.

 

Numa peregrinação de jovens em que participei [aqui o conceito de jovem é bastante alargado] e ele também (e muitos outros jovens das comunidades neocatecumenais a que ambos pertencíamos, embora, na altura, fôssemos de comunidades diferentes), o rapaz foi um dos grandes animadores da viagem de autocarro, ao longo dos dias, através de canções. Esse tipo de animação, que não é o meu estilo, agrada-me, porque ajuda a criar bom ambiente entre pessoas que não se conhecem assim muito bem (ou não se conhecem de todo). Verdade seja dita que os principais animadores eram o irmão mais velho do Rogério e um outro rapaz de quem nunca gostei sem ser por amizade, ambos muito extrovertidos e bem-dispostos. Mas quando o que se fazia era cantar, o Rogério tinha quase sempre um papel de destaque.

 

Este Rogério foi o último rapaz de que gostei antes de conhecer o Gato Rogério, e ainda terei mais para vos contar sobre ele, mas antes tenho de vos falar de uma questão muito importante no meu percurso (e que até agora tem estado de parte): o meu discernimento vocacional.

 

Mas isso, claro, é assunto para um episódio exclusivo (ou mais do que um)...

 

Season 2, episode 9 (ep. 21)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas enfeitiçadas:




Made by Vassoura



Comentários recentes

  • Nuno

    Olá amiga espero que depois de todola esta azáfama...

  • omeumaiorsonho

    Bom trabalho ;)

  • Carla Pereira

    Um pulinho para enviar um beijinho!

  • Mamã Coruja

    Experimenta a Glod! São tão boas!Convido-te a visi...

  • Bipolar

    Ahahah, que delícia de post! Por acaso, como tenho...