Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (14, 13, 11 e 4 anos).

05.05.17

Mês de Maria - Dia 5


Bruxa Mimi

"SEDE A MINHA MÃE"

 

Era o mês de novembro. Secas e amarelas caíam as folhas das árvores, como caem secas e murchas as ilusões da vida. Numa casa nobre de Ávila, em Espanha, está em agonia uma distinta senhora chamada D. Beatriz. De repente, a moribunda abre os olhos, que dirige para um lado e outro, e com voz sumida e apagada suspira: 

- Teresa! Tragam-me Teresa!

E a menina, de extraordinária formosura, aproximou-se da cabeceira da mãe moribunda. Olhou para ela a enferma e, como se nesse instante o Senhor lhe tivesse revelado o futuro daquela pequena, exclamou: 

- Bendita! Bendita! 

E expirou. Levantou-se a menina desfeita em pranto e beijou aquelas mãos frias pela morte. Correu para o altar de Nossa Senhora da Caridade na capela de São Lázaro. Ali deixou correr livremente o rio das suas lágrimas. Levantou os olhos. Com sentida ternura e imensa confiança, pronunciou com toda a verdade da sua alma estas palavras: 

- Senhora, já que não tenho mãe, sede vós daqui para diante a minha mãe! 

Levantou-se e foi para casa com a certeza de ter sido ouvida. Esta menina veio a ser a grande Santa Teresa de Jesus. Tantas graças lhe vieram por ter escolhido, desde os primeiros dias da sua vida, a Virgem Santíssima para sua Mãe! 

Imita-a também tu. Diante da imagem de Nossa Senhora diz-lhe com todo o amor do teu coração: 

- Senhora, sede a minha mãe! Sou vosso filho; abençoai-me, protegei-me, defendei-me dos perigos e, depois da minha morte, levai-me para junto de Vós, no Céu. 

No Calvário está Jesus pregado na cruz, ensaguentado, entre o céu e a terra. Maria está ali de pé com São João e as piedosas mulheres. «Vendo Jesus sua mãe e, ao pé dela, o discípulo amado, disse-lhe: Senhora, eis aí o teu filho. Em seguida disse ao discípulo: Eis aí a tua mãe» (Jo 19, 26-27). 

Quem é João? Não é João sozinho, mas ele e cada um de nós porque nos representa a todos. Foi na cruz que Cristo nos deu Maria como mãe. Aceita este precioso legado e ama a tua Mãe celeste, com o santo Apóstolo, do qual diz o Evangelho: «E a partir daquele momento, o discípulo recebeu-a em sua casa» (Jo 19, 27).