Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não estava à espera que isto acontecesse

por Bruxa Mimi, em 18.11.18

Foi há uns dias. Confesso que tenho medo de admitir que isto me aconteceu. Eu, que anos a fio me gabei, ou, pior, gritei a alto e bom som, para quem me quisesse ouvir, que nunca seria vítima. A Matilde vai-se "passar"...

 

Não deveria tentar arranjar um culpado, mas, se insistirem em querer saber - e faz de conta que insistiram -, eu digo: foi o Rogério. O Rogério, mas por insistência do Feitiço. Os homens da casa. Típico, não é?

 

Não se deve culpar a mulher, mas eu culpo-me. Bastante. Porque fui (e sou) fraca.

 

Mas, afinal, escrevo, escrevo, e não digo nada, não é? Ou melhor, digo, mas não concretizo... Calma, senhores, já lá vou!

 

 

Oreo.

 

Leram bem.

 

Oreo.

 

As bolachas. Quando surgiram em Portugal (não faço ideia de onde vieram), eu experimentei, claro. Ia lá dizer que não a bolachas de chocolate com tão bom aspeto e com um anúncio tão convincente? Provei e não gostei.

 

Passados uns tempos, voltei a provar. Se calhar o problema estava no meu paladar, no primeiro dia. Detestei. Não me lembro se cheguei a provar a terceira vez, mas rapidamente o veredicto passou a definitivo:

 

Não gosto nada de Oreo. São horríveis, intragáveis.

 

Os anos foram passando, a minha vida mudou (casei, fui mãe, mudei de escola,...) , o veredicto não. Era impossível mudar. O nojo pelas Oreo (e a incredibilidade acerca de alguém gostar realmente das ditas) estava entranhado em mim.

 

"Tenho uma receita facílima e deliciosa", dizia alguém.

"Facílima? Isso interessa-me", respondia eu.

"Só precisas de Oreo e...", continuava a pessoa.

"Oreo? Esquece, não vale a pena dizeres mais nada. Se sabe a Oreo, não gosto!", concluía eu, terminando a conversa e passando a outro assunto.

 

Estão a perceber o asco que eu tinha às Oreo? Sim, tinha... Não posso dizer que tenha. As quatro Oreo que comi enquanto escrevia as primeiras linhas deste post não me deixam mentir!

 

Bem, eu não decidi comer Oreo só porque sim. Havia (e há) Oreo cá em casa, compradas pelo Rogério, a pedido do Feitiço. Quando isto aconteceu pela primeira vez, não me afetou. Não tive qualquer interesse em dar uma dentadinha para confirmar que ainda detestava Oreo. O problema foi quando me apercebi que havia dois tipos de Oreo: as normais e um pacote diferente: "Oreo Finas, com creme de chocolate". Tinham um aspeto diferente, eram mais finas, de facto, o creme não era aquele branco nojento (sim, ainda o acho nojento, e aliás estou a sentir-me enjoada... Yeah!!! (será que vou voltar a detestar Oreo?)), o castanho não era tão escuro...

 

Experimentei, com cuidado. Um bocadinho pequenino, à cautela. Gostei. Bastante. "Boa! Gosto destas. Não têm nada a ver com as outras.", pensei.

oreo_finas.jpg

Uns dias depois, infelizmente, tive outro pensamento: "Se eu gostei das Oreo finas, será que agora até gosto das Oreo normais?".

 

Provei. Estúpida, estúpida, estúpida! Devia ter-me mantido fiel ao meu ódio de estimação. Agora só me resta a esperança de enjoar das Oreo, como enjoei de brócolos enquanto estava grávida da Vassoura (passados uns anos, voltei a gostar de brócolos, mas pode ser que, se verdadeiramente enjoar de Oreo, não torne a "cair").

oreo1.jpg 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

P.S. - Para quem leu tudo (Corajosos? Masoquistas? - quem sabe?) e ficou na dúvida: não, não estou grávida!

P.S. 2 - Em vez de teclar este maravilhoso, interessante e útil post, eu deveria ter estado a trabalhar... Eu bem disse que constantemente perdia tempo...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas enfeitiçadas:


25 comentários

Sem imagem de perfil

De Nuno a 18.11.2018 às 16:19

Isto é fruto do Musso palato e dos nossos gostos mudarem eu quando miúdo não gostava de batatas fritas nem de enchidos e hoje adoro 
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 18.11.2018 às 17:48

Sim, eu sei que isso acontece, mas, neste caso concreto, preferia que não tivesse acontecido!
Imagem de perfil

De Joana Marques a 18.11.2018 às 21:38

Já fui tão viciada...
....nem experimento! Antes que me desgrace....
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 18.11.2018 às 22:34

Se em tempos gostavas... não caias em tentação, não! 
Imagem de perfil

De Joana Marques a 18.11.2018 às 22:37

Adorava, adorava...comi caixas e caixas....
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 18.11.2018 às 22:41

 (eu antes)

 (eu agora)
Imagem de perfil

De Happy a 19.11.2018 às 17:22

E pronto, mais uma preocupação!! Mais uma tentação para afastar 
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 19.11.2018 às 21:37

Exatamente! Mas ontem fiquei um bocado enjoada... pode ser que tenha ficado resolvido o problema!
Imagem de perfil

De omeumaiorsonho a 19.11.2018 às 21:05

São tão boas 
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 19.11.2018 às 21:38

Não são, não são, não são (processo de mentalização - embora não precise, porque, embora já não as ache abomináveis, também não fiquei a adorá-las!) 
Sem imagem de perfil

De Mag@ sob disfarce a 20.11.2018 às 00:09

Porque é que me vou passar? 
Imagem de perfil

De Fada Matilde a 20.11.2018 às 00:13

Vou-me passar? Why? Eu também não gosto do recheio bllhhaacc das Oreo! O que eu gosto é da bolacha em si, sem creme! E das Oreo de mentol...
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 20.11.2018 às 00:17

Eu pensava que tu detestavas tudo das Oreo (exceto umas novas que mencionaste no FB, há uns tempos - suponho que sejam as de mentol...)... Ias-te passar, pensava eu, por eu agora comer Oreo!
Sem imagem de perfil

De Mag@ sob disfarce a 22.11.2018 às 20:42

Então, se assim é, Mimi, espreita isto : https://magg.pt/2018/11/19/alerta-presente-de-natal-chegou-o-kit-perfeito-para-comer-oreos/
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 22.11.2018 às 22:07

Já vi. Obrigada! 
Sem imagem de perfil

De Pózinhos de pirlimpimpim a 26.11.2018 às 10:12

Mimi, é como tudo na vida: primeiro estranha-se, depois estranha-se. Por acaso sou gulosa mas dispenso Oreo 😜
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 18.12.2018 às 14:28

Não voltei ao meu estado anterior de nojo de Oreo, mas também não fiquei viciada. As últimas Oreo que comi foram comidas enquanto escrevia o início deste post. OK, ajuda o facto de, desde essa altura, não haver Oreo cá em casa...
Imagem de perfil

De cristinita a 28.11.2018 às 07:43

Cada um gosta daquilo que gosta e não há nada para ser discutido!! 
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 18.12.2018 às 14:28

Certo - mas eu preferia continuar a detestar Oreo! 
Imagem de perfil

De Bipolar a 08.12.2018 às 02:05

Ahahah, que delícia de post! Por acaso, como tenho vindo a seguir uma gravidez nos últimos tempos, não sendo já a primeira à qual me dedico, pensei logo se a gravidez não a teria deixado cheia de vontade de comer oreos. Aqui em casa, coisas que se adoravam passaram a detestar-se e coisas que se detestavam passaram a figurar na lista de desejos da grávida. Entretanto, voltando ao seu post, teria sido, efectivamente, uma boa ideia não insistir nas oreo, mas creio que até eu não teria resistido à curiosidade... 
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 18.12.2018 às 14:33

Olha, Bipolar, estou a recordar-me do teu post sobre as mulheres e a gravidez e deixa-me dizer-te que nunca tive desejos de grávida. A única alteração de paladar que tive, na gravidez, foi logo na primeira: deixei de conseguir comer brócolos (que adorava) e bastava o cheiro deles para me agoniar. Acho que só superei totalmente a minha aversão aos brócolos depois de ter tido a minha segunda filha... De resto, o que me agradava antes de estar grávida continuava a agradar-me e o que não apreciava continuava a não ser por mim apreciado.
Obrigada pelo voto solidário do fim do comentário! 
Imagem de perfil

De Bipolar a 19.12.2018 às 15:33

Parece-me uma bênção essa consistência entre o antes e o depois. A minha mulher teve um tempo em que não conseguia comer quase nada com gosto, pois tudo lhe sabia mal. Mas tinha de comer, porque tinha muita fome, ficava tonta de tanta fome, mas acabava a comer sem gosto, apesar do apetite e da fome que tinha. Comida cozinhada, era melhor esquecer, pois durante ainda bastante tempo não conseguiu cozinhar nem comer comida cozinhada. Enfim, a verdade é que não sei como as mulheres aguentam tanto distúrbio :)
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 20.12.2018 às 09:28

Amor. Explica tanta coisa... 

Comentar palavras mágicas


Pág. 1/2




Made by Vassoura



Comentários recentes