Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (14, 12, 11 e 3 anos).

23.04.15

Não gosto que façam...


Bruxa Mimi
... e fiz o mesmo. :-(

Refiro-me a acreditar piamente nas versões acerca de um qualquer acontecimento passado na escola que as crianças levam para casa. Muitos pais nunca questionam a veracidade dos relatos dos filhos, que são, muitas vezes, aldrabados ou, pelo menos, omissos relativamente a partes menos favoráveis no que a eles dizem respeito.

Não quero com isto dizer que os pais não devem acreditar nos filhos, mas que é recomendável ouvir outras versões antes de passar ao "ataque", em defesa da "cria". [Bem, há situações e situações!]

Escrevi no início do post que fiz o mesmo, não como mãe, mas como professora: acreditei piamente no que uma criança me disse que os pais tinham feito. Falando com a mãe, fiquei com a ideia (mas não com a certeza, confesso) que as coisas não se passaram como o aluno contara.

Apercebendo-me do meu erro, percebi mais do que isso, percebi que é tão fácil julgar os outros... mas no lugar deles, eu faria (faço) melhor?

8 comentários

Escrever palavras mágicas