Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (13, 12, 10 e 3 anos).

Nova etapa da Magia

Missão sequinha 2020

19.07.20 | Bruxa Mimi

Poucos dos que aqui passam são leitores "antigos", dos primórdios do blogue (2013). Esses poucos talvez se recordem das "Missões: Sequinh@s". Chegou a vez da Magia.

 

Ao contrário dos irmãos, na idade correspondente, a Magia deu alguns sinais positivos para o arranque da "Missão Sequinha 2020": já há tempos que, de manhã, a fralda usada durante a noite estava muitas vezes seca. Nunca tive essa experiência com os mais velhos: quando tirámos as fraldas da noite, foi pela idade, não foi porque víssemos que não se justificava usarem fralda. Elas tinham cinco anos e o Feitiço tinha seis - missão que falhou (tivemos que voltar a colocar fraldas quando começou a ficar frio, para ele não se constipar) - e depois sete - missão que teve sucesso.

 

Quando começou o confinamento, a Magia usava fralda "normal" durante a noite e "fralda-cueca" durante o dia, para mais facilmente ir ao bacio ou à sanita quando pedia (as fraldas-cueca, para quem não sabe, sobem e descem como umas cuecas, mas, se for preciso, rasgam-se de lado). Fiz a experiência de lhe colocar cuecas. Ela adorou a ideia, mas os vários acidentes (pequenos lagos aos seus pés), conjugados com as aulas e reuniões zoom de todos, levaram a que deixasse de lhe pôr cuecas, mas fomos sempre perguntando se queria ir ao bacio. Houve dias em que não fez nenhum xixi na fralda-cueca e em que pediu muitas vezes para ir fazer, o que foi sempre muito valorizado e festejado (é preciso ver que cá em casa somos muitos a fazer claque). Mas, claro, não é a mesma coisa ter a fralda-cueca ou ter cuecas vestidas.

 

Há uma semana, o Gato Rogério disse que achava - ou perguntou-se se eu achava, já não sei bem - que era boa ideia voltar a pôr cuecas à Magia. Eu concordei. E pusemos, de dia e de noite! Houve quatro ou cinco acidentes: um lago no chão da sala, duas camas molhadas de manhã e uma ou duas camas molhadas após a sesta. Pode não parecer, mas estes resultados, para mim, são verdadeiramente positivos!

 

Tenho que confessar que a Magia não esteve sempre de cuecas durante esta semana. Coloquei-lhe fralda antes de ela ir para a cama sempre que, apesar de estar no bacio ou na sanita durante bastante tempo, não fez nada. Não acredito que a Magia tenha uma super-bexiga e não sou masoquista, pelo que a regra é: "não faz, coloco-lhe fralda-cueca". Numa das sestas, fiquei muito contente por ela estar com fralda-cueca, porque fez 💩!

 

Bem, ele há coisas... Estava eu a escrever este post, quando a Magia me chama. Assim que abro um pouco a porta do quarto, deteto um odor amarelo

 

Eu [murmurando, para não acordar a Vassoura e a Varinha]: Fizeste xixi?

Magia: Sim. Não foi pelas pernas abaixo, mas foi um bocadinho.

 

Era mais do que um bocadinho e tive de mudar a cama e dar-lhe banho, mas, apesar disso, não estou infeliz com este contratempo, pois ele é - em parte - um bom sinal!

 

Bom sinal - perguntam vocês -, como?

 

Bom sinal porque os irmãos dormiam nos lagos amarelos, sem qualquer problema...

13 comentários

Escrever palavras mágicas