Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alheia a tudo... ou talvez não!

Blogue da Bruxa Mimi. Marido: Gato Rogério. Filhos: "Vassoura", "Varinha", "Feitiço" e "Magia" (14, 12, 11 e 3 anos).

17.02.15

Sonhos #36


Bruxa Mimi
No segundo sonho, não sei bem como, havia duas mulheres (uma alta e magra, outra baixa e gorda) a olharem para mim e a quererem fazer-me mal (queriam bater-me, sem eu saber porquê). Eu defendia-me com um caderno grosso de argolas (o meu caderno da escola atual) - vá-se lá saber porquê, era o suficiente para não me magoarem. Depois alguém (o Rogério talvez, mas não é certo) aparece e impede que me batam, e uma das mulheres (a mais baixa e gorda) sai, fechando a porta por onde passa. Esse alguém acaba por sair e eu fico com o caderno na mão, o meu instrumento de defesa. Depois a mulher magra aparece com um bebé ao colo e pede-me para pegar na criança. Eu desconfio que aquilo é um estratagema e digo que não. Ela insiste e diz que nunca me iria fazer mal tendo eu uma criança ao colo. Eu acabo por ceder, pouso o caderno e pego no bebé. Assim que o faço, a mulher carrega num botão vermelho, que eu percebo ser um sinal para a outra mulher regressar. A porta abre-se e aparece realmente a mulher gorda com cara de poucos amigos. A mulher magra arranca-me o bebé dos braços e coloca-o no chão, sem cuidado nenhum. Eu fico mesmo assustada e grito por socorro. As duas mulheres aproximam-se. Temo pela minha vida. Acordo.

2 comentários

Escrever palavras mágicas